As Lontras são esquivas e inteligentes. Vigiam os humanos, mas raramente se deixam ver. É na protecção proporcionada pela escuridão da noite que as lontras vivem. E prosperam.

As Malvinas, um arquipélago isolado no Atlântico Sul, famoso pelas suas ovelhas e por uma guerra muito curta, ensinam-nos uma lição sobre o poder da perseverança.

Outrora alvo de caça generalizada devido ao elevado valor da sua pele, o caimão-jacaré do Brasil foi protegido e as suas populações estão agora a recuperar.

Entre os rios Douro e Vouga, nas montanhas mágicas das serras da Freita, Arada, Arestal e Montemuro, uma pequena espécie passeriforme é acompanhada quase diariamente por um fotógrafo.

O manatim da Florida prospera na baía Kings, tal como o turismo. Na verdade, o problema é mesmo esse.

O tubarão-de-pontas-brancas dominou outrora o mar e povoou os pesadelos dos marinheiros. Agora, está praticamente desaparecido. 

O biólogo E. O. Wilson visitou o famoso parque natural moçambicano. Recuperando dos danos provocados pela guerra civil, a Gorongosa enfrenta agora um novo desafio: a desflorestação da sua montanha sagrada. 

Uma expedição da Fundação Oceano Azul, da National Geographic Society e da Fundação Waitt mergulhou nas águas dos Açores em busca de informação sobre biodiversidade e indicadores do sucesso das medidas de conservação. O balanço é agridoce.

Entre as fontes mais abundantes de luz na Terra encontra-se a própria vida.

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar