Planos de voo columbinos

Texto  Lindsay N. Smith   Fotografia  Roe Ethridge, Galeria Andrew Kreeps

David Williams e os seus colegas da Universidade de Harvard estudaram as manobras de voo destas aves para perceber de que modo evitam colisões.

Primeiro, David treinou pombos selvagens para voarem através de um corredor vazio. Depois, colocou no corredor postes verticais, espaçados entre si, e filmou o percurso modificado das aves. Esperava que elas utilizassem o mesmo tipo de movimento para evitar os postes, mas os pombos recorreram a dois movimentos a que os investigadores chamaram “pausa”, quando o movimento das asas estagnava após uma batida, e “dobra”, quando as asas eram puxadas para trás. O estudo descobriu que a “pausa” era mais eficiente para manter altura e a “dobra” ajudava as aves a ultrapassar passagens estreitas e a manter a estabilidade após colisão.

 

 

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar