Integrado no programa da candidatura de nove municípios da serra da Estrela a geoparque mundial da UNESCO, terá lugar, a 28, 29 e 30 de Setembro de 2018, o ObservaEstrela, Festival de Natureza e Paisagem ao qual a edição portuguesa da revista National Geographic se associa como media partner

Em Gouveia, os amantes da natureza terão oportunidade de explorar a relação entre ciência, património natural, turismo ambiental e geografia da montanha mais imponente de Portugal Continental. Uma exposição fotográfica está agendada para o evento e terão igualmente lugar palestras e workshops com fotógrafos, especialistas em biodiversidade, geodiversidade, botânica, entre outros.

A avifauna, naturalmente, terá papel de relevo neste festival inserido na rede de Observas do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas e as três saídas de campo privilegiarão o contacto com a fauna, os ícones geológicos que estão na base da candidatura e a captação de sons.

O Aspiring Geopark Estrela é a candidatura em curso de nove municípios serranos à chancela de geoparque da rede da UNESCO, desígnio já recebido por Arouca, Naturtejo, Açores e Macedo de Cavaleiros. Durante o Verão, terão lugar visitas técnicas dos especialistas da UNESCO ao território, prevendo-se uma avaliação da candidatura até ao final do primeiro trimestre de 2019.

Com uma área proposta de 2.216 quilómetros quadrados, o território da grande montanha continental portuguesa é o mais exuberante “documento” da história do glaciarismo no país.

Esta subespécie de lagartixa-da-montanha é um endemismo que, em Portugal, só se encontra no planalto central da serra da Estrela. Na viragem para o século XXI, alguns autores calcularam um risco de 45% para este endemismo se extinguir até 2050, sem medidas urgentes de conservação.

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar