Sete anos após o fim da feroz guerra civil, o Sri Lanka tenta fazer o balanço do conflito: dezenas de milhares de sem-abrigo e dezenas de milhares de desaparecidos.

Na Beira interior, há registos de povoamentos judaicos desde o final do século XIII e indícios de povoamentos posteriores, por cristãos-novos. A Rota do Judaísmo propõe-se seguir a sua pista.

Nápoles alberga uma das melhores colecções de camafeus. Estas jóias diminutas, requintadamente talhadas na Grécia Antiga, na Roma Imperial ou no Renascimento, revelam todo um universo mitológico e cortesão.

Ao mesmo tempo que as potências europeias se batiam pelo continente africano, Henrique de Carvalho foi o último de uma dinastia de exploradores, aceitando a missão de encontrar o mítico império Lunda. 

O fantástico reino do Sião sobrevive nas antigas capitais de Ayutthaya e Sukhothai e nos plácidos montes que as abraçam. Com os seus canais e templos, Banguecoque é um emocionante ponto de partida para uma viagem que alcança as aldeias tribais do Triângulo de Ouro.

Nascido há mais de 900 anos, o primeiro rei de Portugal personifica o mito fundador da nação. Envolvido em sucessivas camadas de interpretação ideológica, o rei fundador da nacionalidade foi politicamente utilizado em épocas posteriores, sobretudo por D. João I, D. João IV e, mais recentemente, pelo Estado Novo. Como  se podem distinguir os factos históricos da ficção?

As campanhas militares conhecidas como “as oito cruzadas”, empreendidas entre 1096 e 1270, não tiveram sempre como objectivo a conquista dos Lugares Santos. Somente quatro delas perseguiram a ocupação militar da Palestina; em duas das expedições tentou-se a conquista do Egipto; noutra, a do Norte de África; e na mais surpreendente, tomou-se Constantinopla, na altura em mãos de cristãos gregos.

Mais de um milhão de refugiados chegou no ano passado. Muitos fugiram de guerras na Síria, no Afeganistão e no Iraque. Outras centenas de milhares chegaram este ano, enquanto a mais recente migração do continente continua a agitar a política, a testar a tolerância e a alterar as identidades culturais.

O fantástico Neuschwanstein, o versalhesco Herrenchiemsee e o delicado Linderhof são os palácios que marcaram a vida do rei Luís II e constituem a desculpa perfeita para descobrir a frondosa região que se estende a sul de Munique, nos Alpes Bávaros.

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar