Há barragens em construção ao longo de todo o Mekong. O Sudeste Asiático precisa de energia eléctrica, mas também de peixe e arroz que um rio não represado proporciona.

Petra parece uma alucinação, uma miragem no deserto jordano. Encaixada entre escarpados e acessível através de um caminho estreito e sinuoso, deslumbra o visitante com as suas infinitas tonalidades, desde o rosa-pálido ao vermelho-sangue. E, claro, os seus fantásticos edifícios talhados no arenito são a jóia da coroa.

Em 2012, Wolfgang Pohl, o último sobrevivente da tripulação do U-581 que se afundara nos Açores em Fevereiro de 1942, concedeu uma entrevista a Manuel Paulino Costa. De visita aos Açores, onde vinha com frequência para homenagear os camaradas e visitar as suas «ilhas históricas», Pohl falou com franqueza dos dias fatídicos da guerra e lembrou o homem – inimigo – que lhe salvou a vida. A entrevista foi emitida na Rádio Montanha no dia 28 de Setembro de 2012 e constitui, provavelmente, o derradeiro testemunho do último homem que navegara no submarino alemão. Pohl faleceu em 2016. Transcrevemos aqui a entrevista, com a devida vénia a Manuel Paulino Costa.

Culta, astuta e ambiciosa, Zenóbia conseguiu colocar em xeque durante um longo período a soberania de Roma e quase conseguiu transformar a cidade síria de Palmira, “a pérola do deserto”, na capital de um grande estado oriental.

Moçárabe e governador, D. Sesnando defendeu Coimbra medieval com uma linha de castelos.  A história da reconquista cristã e da fundação da nacionalidade foi aqui escrita na pedra.

Há  exactamente 75 anos, um submarino alemão foi afundado a sul da ilha do Pico, apesar de se encontrar em águas portuguesas neutrais. O destroço foi agora localizado a mais de oitocentos metros de profundidade.

O álcool não é apenas uma bebida que altera a consciência: desde os primórdios da civilização, tem sido um importante catalisador para a cultura humana, incentivando o desenvolvimento da arte, da linguagem e da religião. 

O Grand Tour - No século XVIII, um percurso pela Europa – com Itália como destino prioritário – constituía uma viagem essencial ao coração da história através do património cultural e artístico.

A fé escava montanhas nas terras do Norte da Etiópia.

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar