Tem mesmo a certeza que sabe quem é Afonso de Albuquerque?

A representação mais popular de Afonso de Albuquerque, vice-rei da Índia, é falsa. A história envolve espiões, uma invasão, manipulação ideológica e tecnologia de ponta. E está apenas a começar.

Texto e Fotografia António Luís Campos

AFONSO DUPLA LOGO

Miguel Mateus e Teresa Reis discutem o retrato de Afonso de Albuquerque, no Museu Nacional de Arte Antiga, na versão aprovada pelo regime na década de 1950.

Percorro, resolutamente, a passo estugado, os corredores escuros do Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA), sob o olhar frio de centenas de ilustres personagens do passado que vigiam, sérias, cada um dos meus movimentos. De manual escolar em punho, qual guia fotográfico improvisado, busco, em concreto, Afonso de Albuquerque. Figura maior da história de Portugal, distingue-se pelas inconfundíveis barbas grisalhas, longuíssimas, com um nó na ponta, imagem de marca do génio militar que cimentou o poderio português no Oriente no século XVI. No entanto, a minha busca tem um propósito invulgar: venho apenas para confirmar que, afinal, as barbas são falsas. Postiças, poder-se-ia dizer!

02 AFONSO

Uma cópia do resultado do res
tauro realizado em 1955, patente no Museu da Marinha, onde o vice-rei é representado com barbas negras e curtas, antes de lhe serem repintadas as brancas, que hoje se vêem.

O facto, desconcertante, já fora parcialmente revelado em 1953, embora na altura tivesse ficado restrito a um pequeno círculo de personalidades conhecedoras da novidade. O imponente quadro do século XVI, hoje exposto no MNAA, chegou a Lisboa para restauro, originário de Goa, e o que aconteceu nos anos seguintes é digno da saga de Indiana Jones, tais as vicissitudes que a obra de arte sofreu, envolvendo guerras, agentes secretos e roubos, mesclados com diplomacia ao mais alto nível. Hoje, porém, com recurso a novas tecnologias e metodologias científicas inimagináveis à época, o mistério começa a desvendar-se!

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.