Na safra do atum, nos Açores, os anzóis voavam por todos os lados. 

Uma jovem himba aplica ocre no cabelo de outra junto da margem de um rio no Noroeste da Namíbia. Valorizado pelo seu tom quente de vermelho, o ocre ainda é amplamente utilizado como ornamento.

No mar de Minde, ocorre um fenómeno em invernos de forte precipitação: uma floresta submersa acolhe comunidades de anfíbios.

O fotógrafo Armindo Ferreira deambulava pela Pateira de Fermentelos quando avistou “esta menina”, como designa a raposa.

As antigas residências de clãs na província de Fujian estão a perder relevância, em contraciclo com a nova China.

Darwin descreveu o mandril como o mais colorido de todos os mamíferos, pois as cores vibrantes da face variam com a sua excitação. 

A cordilheira do Indocuche ainda hoje é impressionante - mas também tem fundamentos históricos, pois foi um dos maiores obstáculos à campanha de Alexandre. Magno: no Inverno do ano 329 a.C., os seus homens precisaram de 16 dias para atravessar a passagem de Khawak, a 4.000 metros de altitude. 

As algas crescem em poças na margem meridional do lago Turkana. 

Nesta perspectiva ampliada da arquitectura da superfície da íris de um rapaz de 16 anos, em Erevan, a piscina central (a negro) é a pupila e a imagem das pestanas está reflectida na córnea.

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar