A doca de carga de um armazém de Chicago, nos Estados Unidos,  parecia o Pólo Sul após o incêndio de 23 de Janeiro de 2013. Combinada com a baixa temperatura, a água das mangueiras dos bombeiros transformou-se numa estranha escultura de gelo.

As velas invocam o espírito de Maria Lionza, cujo culto homónimo terá milhares de seguidores na América Latina. Realizado durante a peregrinação anual dos crentes a Cerro de Sorte, na Venezuela, este ritual é conhecido pelo nome de velación (velório). 

A Antárctida Oriental parece bastante estável. No entanto, há sectores do manto de gelo da Antárctida Ocidental minados pelo oceano em aquecimento. O seu futuro, tal como o da Gronelândia, é incerto. 

Um veado enlaçado debate-se depois de Serik demonstrar a técnica ancestral de captura de animais selvagens em neve funda. A China proíbe a caça ao veado e, por isso, o animal foi libertado. 

Na padaria Pain Victoire, cujos donos são libaneses, vêem-se por todo o lado baguetes chamadas kanga journée. Inicialmente introduzido pelos colonizadores belgas, o pão enraizou-se recentemente no regime alimentar kinois por ser barato. É assim a vida em Kinshasa, a caótica capital do Congo. 

Seleccionámos este mês quatro imagens afixadas pelos leitores no grupo português de discussão da revista no Facebook. Participe também.

A brisa agita os folhos dos pequenos vestidos a secar num estendal de Utuado, uma cidade de montanha no coração rural da ilha de Porto Rico

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar