O festival Holi é uma antiga celebração da tradição hindu, na Índia.

 Durante as festividades em Mathura e em Vrindavan, os participantes atiram pó colorido uns aos outros, eliminando as barreiras sociais. 

Em Mathura, local de nascimento de Krishna, e Vrindavan, cidade onde passou a sua infância, o festival decorre ao longo de 16 dias. Aqui, a celebração centra-se na lenda do amor entre Radha e Krishna. Devido à sua cor azul, algo que o deprimia, a mãe de Krishna indicou-lhe que colorisse a cara de Radha, a sua amada, de forma a perder o medo do preconceito. Krishna assim o fez, e ambos se tornaram casal, sendo esta a origem do colorido no festival Holi.

Durante a sua celebração não há lugar a diferenças, todos são aceites, amigos e estranhos, ricos e pobres, homens e mulheres, crianças e idosos. Além de muita música e dança nas ruas, é atirado muito pó colorido – gulal, e são também usadas bisnagas, baldes e balões de água colorida. A devoção religiosa marca também forte presença nestas celebrações e os principais templos Hindus enchem-se de peregrinos que vibram efusivamente cada vez que lhes é mostrada a figura de Krishna.

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar