A sua Foto Junho 2017

Seleccionámos este mês quatro imagens afixadas pelos leitores no grupo português de discussão da revista no Facebook. Participe também.

Um dos maiores desafios da fotografia de vida selvagem reside na obsessão de aproximação do animal que se pretende fotografar. Rui Pereira, de Queluz, estudou este ninho na costa vicentina antes de investir, antecipando as condições de luz e procurando o momento ideal. “Após várias tentativas, com muito vento e frio à mistura, finalmente consegui o registo que pretendia”, conta.

Em busca do lado escondido dos ecossistemas de água doce do Algarve, o fotógrafo João Rodrigues, de Torres Novas, foi surpreendido quando encontrou um cardume de bordalos na Área Protegida da Fonte da Benémola. “É uma espécie endémica da Península Ibérica que se encontra em estado vulnerável devido à poluição das águas do seu habitat”, explica.

 

O poço iniciático da Quinta da Regaleira é um ex-líbris deste monumento de Sintra. Místico e misterioso, o poço apresenta desafios muito especiais para os fotógrafos. José Ramos, de Lisboa, usou uma grande angular e uma longa exposição de 30 segundos, procurando, entre pingos incessantes da água que cai do topo e no intervalo de circulação de outros visitantes, captar a fotografia perfeita.

 

Com 5.150 metros de extensão, a gruta das Torres, na ilha do Pico, é o maior túnel lávico conhecido em Portugal, como testemunhou Paulo Henrique Silva, de Angra do Heroísmo. Ao contrário de outras cavidades mais humanizadas, o percurso visitável neste monumento natural é bravio e desprovido de fontes de iluminação para lá da luz no capacete do visitante. A entrada, essa, é monumental.

 

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar