A sua Foto Fevereiro 2017

Seleccionámos este mês quatro imagens afixadas pelos leitores no grupo português de discussão da revista no Facebook. Participe também.

O autor Armindo Ferreira, de Fermentelos, já consagrado nesta rubrica em mais de uma ocasião, seguia esta lontra há semanas na Pateira de Fermentelos, mas a aproximação não parecia exequível. Certo dia, ao amanhecer, o animal aproximou-se de uma margem e caminhou na direcção do fotógrafo. “Este registo perseguido há tanto tempo justificou todas as manhãs que me levantei de madrugada”, diz Armindo Ferreira.

Este botão de papoila nascituro, fotografado numa manhã de Primavera rente ao chão exigiu um contraluz desafiante para a focagem de uma modesta câmara. “Foi captado  no dia do meu aniversário”, conta a autora Carla de Menezes, de Cantanhede. “Foi um presente da minha paixão pelas perspectivas diferentes e que escapam aos nossos olhos de ‘verticais andantes’ habituais.”

Num dia quente de Maio, no Parque Natural de Sierras de Cazorla Segura y las Villas, em Espanha, a autora Maria Augusta Almeida Pinto, de Vila Nova de Gaia, teve um encontro imediato com um dos mais adoráveis mamíferos ibéricos. A raposa apareceu e posou como se se preparasse para uma sessão fotográfica. “Tive escassos segundos para a fotografar, pois ela fugiu de imediato”, conta a autora. “E foi a única imagem que consegui captar.”

No dia 1 de Janeiro, um grupo de banhistas que efectuava o primeiro banho do ano nas Lajes do Pico avistou, com grande surpresa, uma foca-cinzenta a aproximar-se. Não foi o primeiro avistamento deste tipo nos Açores, mas é um evento raro. A foca deixou-se ficar mais um dia e reuniu uma multidão no local. “Consegui chegar-lhe suficientemente perto para registar o momento”, diz o autor Pedro Silva, das Lajes do Pico.

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar