Um banho de terra é o melhor que se pode imaginar num dia de calor, para um elefante.

Desde o início da brama que o fotógrafo João Almeida, da Lousã, foi algumas vezes ao cimo da serra, observar e fotografar veados.

Uma das poucas espécies que nidifica em Portugal continental, nos Açores e na Madeira, regressa, uma vez por ano, à mesma ilha, ao mesmo ninho e à mesma parceira, como uma família emigrante sempre ciosa das suas raízes.

Um fotógrafo capturou os padrões invisíveis que as aves desenham nos céus.

Imponente e desafiador, o promontório do Espichel esconde segredos nas entranhas.

Em Agosto de 2012, 138 pessoas deram as mãos sobre a cidade de Chicago e saltaram em queda livre. O fotógrafo também saltou de cabeça para baixo, accionando a máquina fotográfica do capacete com um interruptor que transportava na boca.

Nesta perspectiva ampliada da arquitectura da superfície da íris de um rapaz de 16 anos, em Erevan, a piscina central (a negro) é a pupila e a imagem das pestanas está reflectida na córnea.

A costa da Noruega talvez seja a mais complexa orla terrestre do planeta.

Cento e vinte anos depois da primeira escavação metódica em Conímbriga, as ruínas desvendam segredos e desfazem mitos, como este mosaico com cena de caça decorando um cubiculum (quarto) da Casa dos Repuxos, em Conímbriga. 

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar