Dezenas de quilogramas de folha de eucalipto são preparados para destilação por arrastamento de vapor. 

O famoso canhão da Nazaré proporciona imagens espectaculares e é cada vez mais um chamariz turístico. 

A ornamentação dos paquidermes é uma forma de arte bem curiosa no festival anual de Jaipur, na Índia.  

O castelo de Almourol é um dos mais belos e cénicos de Portugal.

No Palácio das Artes-Fábrica de Talentos, na cidade do Porto, a criatividade anda à solta, com a arte a ir à janela para espreitar a rua.

Num casamento perto de Telavive, judeus chassídicos de Viznitz reúnem-se junto ao rabino-mor (ao centro, em cima) e ao noivo (à direita do rabino).

Podem não ser “As Brumas de Avalon”, de Marion Zimmer Bradley, mas este cenário não muito diferente foi também motivo de inspiração de Lord Byron que, em 1809, passou duas semanas na serra de Sintra. 

A silhueta do majestoso vulcão do Pico é inconfundível e a vontade de subir ao topo está na mente de quem visita a ilha açoriana. 

Os anangu chamam a este monólito de arenito Uluru e creêem que foi criado pelos seres ancestrais. 

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar