Os cavalos mudaram a vida nas Grandes Planícies. Permitiram que se caçasse mais do que antes. Desequilibraram a balança do poder em favor dos guerreiros montados. E tornaram-se símbolos de riqueza. Para os nativos americanos contemporâneos, os cavalos ainda são uma marca da tradição, do orgulho e de cura.

Nas comemorações do 60.º aniversário da coroação da rainha Isabel II, o vestido da princesa Ana concentra todos os olhares no Palácio de Buckingham.

Dezenas de quilogramas de folha de eucalipto são preparados para destilação por arrastamento de vapor. 

Situada na costa ocidental africana, é na ilha de La Palma que existe a maior concentração de telescópios do hemisfério norte, graças à cooperação de vários países europeus. Prevê-se que, em 2017, esteja aqui instalado um gigantesco telescópio, que supere largamente os diâmetros já instalados.

A arte da invisibilidade é explorada na série “Escondido na Cidade”, de Liu Bolin, captada numa serração de Pequim. 

Imobilizada no espaço e no tempo, a ilha de Wrangel é um paraíso para a vida selvagem, como nesta imagem. Uma cria de raposa-do-árctico brinca com um cadáver de lemingue.

As raposas de Wrangel sobrevivem à custa destes roedores que escavam túneis na neve e cujos números apresentam variações abruptas de ano para ano.

Saiba sobre esta ilha em A ilha Wrangel, um refúgio Russo

Parque Nacional de Serengueti (Tanzânia), a visão de um mundo primordial.

A história dos montes Altai está reflectida na casa de uma família que comemora o Ano Novo Chinês com iguarias tuvanas sob um retrato do imperador mongol Genghis Khan. 

A cabeça de um esquilo espreita através da abertura de uma tampa de esgoto, em Isern-Hagen.

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar