Escrito por volta de 1470 a.C. nas paredes e tecto da câmara funerária de Djehuti, um alto dignitário do Antigo Egipto, este "Livro dos Mortos" com dezenas de sortilégios deveria ajudá-lo a alcançar o Além. 

Fotografia José Miguel Parra

escrito nas paredes

 

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar