O fotógrafo Miguel Pereira, de Setúbal, procura nos vestígios do Portugal desaparecido a inspiração para imagens que inspirem curiosidade.

Descobriu que esta ponte romana de Oriola, em Portel, desaparece sempre que as águas da barragem do Alvito sobem no Inverno. “Foi só uma questão de aguardar pelo momento oportuno, um período de pouca pluviosidade, para tentar mostrar esta beleza do passado que desaparece de vista periodicamente”, conta.

ponte

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar