Os flamingos do Grande Vale do Rifte prosperam no ambiente extremo dos lagos salgados de grande altitude, alimentando-se de inflorescências de algas tóxicas para muitas outras criaturas.

As aves não são migratórias, mas nómadas, viajando de um lago para outro onde possam encontrar alimento em abundância.

Camuflado, Stephen captou 1.742 fotografias ao longo de 36 horas a partir de um andaime de dez metros, captando os movimentos incessantes dos flamingos e dos marabus que os perseguiam. Escolheu cerca de trinta para esta composição.

Conheça outras composições em As Épicas Migrações das Aves.

aves

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar