Na safra do atum, nos Açores, os anzóis voavam por todos os lados. 

Refugiado atrás da máquina fotográfica, o fotógrafo João Nuno Gonçalves, de Portimão, pensou estar seguro até estes começarem a bater na objectiva!

A imagem capta um momento mágico de “como o atum não vem das latas”, diz o autor. “Vem do suor destes homens que são mais do que indivíduos a tentar ganhar a vida – são pescadores.”

Conheça mais sobre esta pesca em Em busca das grandes manchas de atum ao largo dos Açores

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar