Em anos de precipitação elevada no Inverno, quando os vários rios subterrâneos das serras de Aire e Candeeiros excedem o seu caudal, a água sai por diversas exsurgências e cria-se uma lagoa na depressão cársica de Mira de Aire-Minde (polje de Minde). 

Conhecido como mar de Minde, este fenómeno ocorre durante poucas semanas de cada ano e há invernos em que não chega a formar-se.

Fotografia Luís Quinta

Saber mais em O fenómeno temporal conhecido como mar de Minde

mar de minde

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar