A bióloga Angelica Crottini precisou de semanas até conseguir avistar o primeiro sapo-de-unha em Itália, mas no Mindelo avistou várias centenas na mesma noite.

Descoberto em 1964, o cromeleque dos Almendres é um dos monumentos megalíticos mais impressionantes do Alentejo e terá tido uma função mágico-religiosa.

A Devil’s Tower, ou Torre do Diabo, no estado norte-americano do Wyoming, é um dos mais célebres monólitos à face da Terra, tendo inclusive sido protagonista do filme “Encontros Imediatos do 3.º Grau”.  

A Pateira de Fermentelos é uma das mais apaixonantes zonas húmidas portuguesas, na confluência dos rios Águeda e Cértima.

Numa viagem fotográfica à Costa Rica, Megan Lorenz queria desesperadamente fotografar rãs-arborícolas-de-olhos-vermelhos.

Iniciada em 1296, a catedral é, na sua maior parte, gótica, com arcos ogivais e angulosos espaços verticais. 

Vítor Miranda é um apaixonado pela macrofotografia, fascinado por “poder ir mais além daquilo que os nossos olhos alcançam”.

No jardim das Caldas de Chaves, decorria um importante concurso de fotografia, quando o autor reparou que a Ponte Engenheiro Barbosa Carmona, ícone da cidade, tinha adquirido uma envolvência completamente diferente da que se registara durante a tarde.

A frecha da Mizarela é a mais alta queda de água de Portugal continental. 

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar