O fugitivo puma não costuma emergir das sombras. Agora, porém, recupera o território perdido. 

Uma casa abandonada ainda se mantém de pé na ilha de Tiengemeten, no Sul da Holanda.

A mão de um gorila da montanha emerge na floresta tropical do Parque Nacional Impenetrável de Bwindi, no Uganda. 

Nas montanhas do estado de Shan, o lago Inle é o segundo maior de Myanmar e um reservatório de biodiversidade: concentram-se aqui quase duas dezenas de endemismos.

O sumo dos gomos de uma laranja gera corrente eléctrica suficiente (3,5 volts) para alimentar um LED. 

O Poio do Judeu, em pleno vale glaciário do Zêzere, é um dos “melhores exemplos de blocos erráticos em Portugal, testemunhando um episódio de glaciação na zona da serra da Estrela”, diz o geólogo Galopim de Carvalho. 

Não são plantas nem animais, mas foram os primeiros organismos a colonizar terra firme há cerca de 1.300 milhões de anos. 

Atacados, os louva-a-deus erguem-se nas patas traseiras, acenam as dianteiras e levantam as asas, revelando manchas sugestivas em forma de olho. 

Empoleirado na fronteira entre o Norte de Portugal e o Oeste de Espanha, o Parque Nacional da Peneda-Gerês é um reino de cascatas e desfiladeiros abruptos. 

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar