E o nosso futuro dá pelo nome de Amásia

Amásia é o nome dado ao embate e subsequente ligação do continente americano com o asiático, previstos para daqui a 100 milhões de anos. 

Texto Johnna Rizzo   Mapa NGM Fonte Grupo de Paleomagnética de Yale

Amásia daqui a cerca de 100 milhões de anos.

Mas, ao contrário do que se poderá pensar, não será a primeira vez que tal acontece. As massas terrestres estão em constante movimento, juntando-se e separando-se a velocidades reduzidas. A mais recente convergência, Pangeia, aconteceu há 300 milhões de anos; Rodínia há 1.100 milhões; e Nuna há 1.800 milhões. O geólogo Ross Mitchell, que usou dados paleomagnéticos recolhidos de rochas antigas, prevê o fecho do Árctico e o deslizamento do supercontinente para norte, ocupando o seu lugar. Na verdade, ninguém sabe para onde irá a superfície terrestre quando se fragmentar. “É como um acordeão”, diz Ross.

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar