Será apenas um desejo súbito? 

Texto  Catherine Zuckerman Fotografia Eggleston Artistic Trust/Cheim & Read 

sumo de tomate

Não necessariamente, responde Robin Dando, professor assistente na Universidade de Cornell.

O elevado nível de ruído interfere com a forma como as pessoas detectam o gosto. O paladar regista o doce menos intensamente, enquanto o sabor conhecido como umami é intensificado.

Passageiros sedentos podem desejar especificamente algo rico e saboroso e frequentemente escolhem sumo de tomate. De facto, a transportadora Lufthansa estima que as pessoas consumam tanto sumo de tomate como cerveja a bordo dos seus voos. Charles Spence, psicólogo da Universidade de Oxford, acredita que o fenómeno não está circunscrito a aeronaves e que outros ambientes ruidosos também podem alterar a percepção do paladar.

Descubra uma nova visão do mundo!

Assine a National Geographic.

Pesquisar